Cânion Itaimbezinho

O Cânion Itaimbezinho é o mais famoso cânion da região, localizado no Parque Nacional de Aparados da Serra, a 18km de Cambará do Sul, criado no ano de 1959, incentivado por autoridades e cientistas preocupados com o meio ambiente.

Com 5,8km de extensão, profundidade máxima de 720m e uma largura de 600m, o velho itaimbé impressiona a todos os visitantes pela sua imponência.

Suas paredes íngremes tem uma forma intrigante, dando a impressão que foram cortados a faca, fazendo-o ser o único com as paredes extremamente retilíneas, entre os sessenta e oito cânions de toda a região.

De sua forma, originou o seu nome em tupi guarani de “ita” que é pedra e “aimbé” que é cortante, afiada.

Seus paredões verticais adquirem uma tonalidade cinzento-amarelada, assim coloridos pelos liquens que o revestem e que, em alguns pontos deixam sobressair manchas escuras, mostrando a rocha nua.

Entre suas quedas d’água, estão a Véu de Noiva e a das Andorinhas, que dão um encanto especial ao cânion, sempre exuberantes dando muita vida ao cânion.

Na metade do século 19, a região do cânion itaimbezinho foi um dos cenários mais importantes das batalhas da Guerra dos Farrapos, abrigando personagens como Giuseppe Garibaldi e sua mulher Anita.

Também serviu de caminho para tropeiros, que conduziam cavalos e mulas desde a região das Missões no Sul até Minas Gerais, além de ser habitat dos índios, os primeiros povoadores da região, que lutaram bravamente para defender suas terras do invasor branco.